THERMAL TOURISTS’ EXPERIENCES, DISCOURSES AND VALUES

Autores

  • Martín Gómez-Ullate García de León

Palavras-chave:

Facebook; regiões de turismo de Portugal Continental; interação; marketing turístico; comunicação digital.

Resumo

O impacto das novas tecnologias, principalmente a utilização da internet como forma de
interação nas redes sociais nas actividades de marketing, permite delinear estratégicas e
formas de comunicação apelativas e originais no setor de turismo. Tornando-se crucial
para que, o mesmo, sobreviva nesta era cada vez mais globalizada e diferencie os seus
produtos e serviços, de forma a motivar os utilizadores da rede social e proporcionar aos
mesmos, o desejo e a necessidade de interagir ou, ainda, a motivação para experienciar
o que cada região de turismo pode lhe oferecer. Esta investigação tem como principais
objetivos identificar e comparar as diferenças de interação entre as páginas das regiões
de Turismo de Portugal Continental, com o intuito de perceber quais dessas regiões
mais se beneficiam de sua presença nas redes sociais (no caso o Facebook), como
ferramenta de marketing estratégica, na procura por obter maior notoriedade e estímulo
ao envolvimento com os consumidores. Com esse intuito, desenvolveu-se uma análise
bibliográfica sobre temas como Web 2.0, Marketing Turístico, redes sociais,
envolvimento do consumidor. Posteriormente, uma análise de conteúdo e desempenho
dessas páginas de regiões de Turismo de Portugal Continental no Facebook, utilizandose
de métricas digitais, entre março e maio de 2015, para comparação e apuramento de
resultados. Verificou-se que, a quantidade de informação disponibilizada pela página
não tem uma relação direta com o envolvimento com o consumidor e que existem
muitas diferenças entre o envolvimento dos utilizadores com cada destino estudado.

Referências

Erfurt-Cooper, P., & Cooper, M. (2009). Health and wellness tourism: Spas and hot

springs. Channel View Publications.

THIJ - Tourism and Hospitality International Journal, 9(2). December 2017 ISSN: 2183-0800

Emir, O., & Saraçli, S. (2011). Determinants of customer satisfaction with thermal

hotels. Anatolia–An International Journal of Tourism and Hospitality Research,

(01), 56-68.

Duman, T., & KOZAK, M. (2010). The Turkish tourism product: Differentiation and

competitiveness. Anatolia–An International Journal of Tourism and Hospitality

Research, 21(1), 89-106.

Garín-Muñoz, T. (2009). Tourism in Galicia: domestic and foreign demand. Tourism

Economics, 15(4), 753-769.

Gómez-Ullate, M. (2008) Un proyecto museológico de las relaciones entre portugueses

y españoles In: Pereiro, X., Risco, L., & Llano, C. (Eds.) As fronteiras e as

identidades raianas entre Portugal e España. Vila Real: UTAD.

INE (Instituto Nacional de Estadística) (2015) Encuesta de Turismo de Residentes

(ETR) Proyecto. http://www.ine.es/proyectos/turismo/proyecto_ETR.pdf

Ka?li, M. & Öztürk, D. An investigation on thermal tourism in Bursa, Eski?ehir and

Bilecik, Global Journal on Advances in Pure & Applied Sciences [Online]. 2014, 04,

pp 13-20. http://www.worldeducation-center.org/index.php/paas

Taskov, N., Metodijeski, D., Boskov, T. and Filiposki, O. (2011) Thermal-spa tourism

in Republic of Macedonia. In: Challenges and performance of post socialist tourism

in Central Eastern European Countries, 2011, Bucharest, Romania

Downloads

Publicado

2017-12-27

Como Citar

León, M. G.-U. G. de. (2017). THERMAL TOURISTS’ EXPERIENCES, DISCOURSES AND VALUES. Tourism and Hospitality International Journal, 9(2). Obtido de http://thijournal.isce.pt/index.php/THIJ/article/view/210