A influência do uso dos sistemas de tecnologias de informação na tomada de decisão dos gestores do turismo em espaço rural. Uma abordagem da região do Algarve.

Autores

  • Ana Cristina Horta Corvo Dias Pego

Palavras-chave:

Sistema de informação, Tecnologia de informação, Decisão na organização rural, Turismo em espaço rural

Resumo

O uso dos sistemas e tecnologias de informação é considerado por muitos autores como um dos vetores de crescimento das organizações rurais, e a sua utilização constitui um dos fatores de competitividade face a organizações onde a sua utilização ainda é pouco frequente ou inexistente. Desta forma, é importante identificar quais os sistemas e tecnologias de informação que o turismo em espaço rural (TER) utiliza, e o seu impacto nas decisões por parte dos gestores / proprietários nas organizações. O estudo apresentado foi direcionado a 51 unidades de turismo rural na região Algarve, e pretende identificar a influência da utilização dos sistemas e tecnologias de informação na tomada de decisão por parte dos gestores destas organizações que utilizam página de internet e correio eletrónico. A recolha de dados foi feita através de um questionário eletrónico, e submetido a uma análise quantitativa. Pelos dados recebidos de 25 unidades TER, conclui-se que a utilização dos sistemas e tecnologias de informação permitem que as decisões nas organizações sejam feitas com base na identificação do problema organizacional e minimização do tempo de resposta. Este estudo permitiu concluir que é possível que a utilização dos sistemas e tecnologias de informação tenham uma influência positiva nas organizações TER da região do Algarve, contudo, existe a necessidade de identificar outros fatores que influenciam a tomada de decisão, nomeadamente, a competitividade com outras empresas e os custos inerentes à implementação de uma nova metodologia de gestão.

Referências

Amaral, L. et al. (2005). Sistemas de informação organizacionais (1ª ed.). Lisboa: Edições Sílabo

Beldona, S. & Cai, L. A. (2006). January. An exploratory evaluation of rural tourism websites. Journal of Convention and Event Tourism, 8(1). 69-80.

Bernardo, M. D. R. A. D. (2006). Os agentes de software e o processo de tomada de decisão: Estudo empírico do impacto de um shopbot. Tese de Doutoramento, Instituto Superior de Economia e Gestão. Universidade Técnica de Lisboa.

Bhatt, G. D., Grover, V. & GROVER, V. (2005). Types of information technology capabilities and their role in competitive advantage: an empirical study. Journal of Management Information Systems, 22(2), 253-277.

Buhalis, D. & Law, R. (2008). Progress in information technology and tourism management: 20 years on and 10 years after the internet - the state of etourism research. Tourism Management, 29, 609-623.

Capucha, L. M. A. (1996). Fazer render o belo-questões à volta do turismo e do desenvolvimento em zonas rurais recuadas. Sociologia - Problemas e práticas, 21, 29-46.

Courtney, J. F. (2001). Decision making and knowledge management in inquiring organizations: Toward a new decision - making paradigm for DSS. Decision Support System, 31(1), 17-38.

Eusébio, M. C. D. A. (2006). Avaliação do impacte económico do turismo a nível regional: O caso da Região Centro de Portugal. Tese de Doutoramento. Universidade de Aveiro.

Hays, S., Page, S. J. & Buhalis, D. (2013). Social media as a destination marketing tool: Its use by national tourism organisations. Current Issues in Tourism, 16(3), 211-239.

Harrison, E. F. & Pelletier, M. A. (2000). The essence of management decision. Management Decision, 38(7), 462-470.

López, Y, (2013). Sistemas de informação para gestão. Lisboa: Escolar editora.

Lopes, F. C. et al. (2009). Desenvolvimento de sistemas de informação (2ª ed.). Editora FCA.

Martin, L. M. (2004). E-innovation: Internet impacts on small UK hospitality firms. International Journal of Contemporary Hospitality Management, 16(2), 82-90.

Mehrtens, J. et al. (2001). A model of internet adoption by SMEs. Information and Management, 39, 165-176.

Pereira, M.J. (2005). Sistemas de informação: Uma abordagem sistémica. Lisboa. Campus do Saber- Universidade Católica Editora.

Teixeira, S. (1998). Gestão das Organizações. Lisboa: McGraw- Hill.

Turismo de Portugal (2008). PENT - Plano Estratégico Nacional do Turismo. Para o desenvolvimento do turismo em Portugal. Retirado de http://www.turismodeportugal.pt/Portugu%C3%AAs/conhecimento/planoestrategiconacionaldoturismo/Anexos/PENT_VERSAO_REVISTA_PT.pdf

Ramos, C. et al. (2008). Sistemas de informação para o apoio ao turismo, o caso dos Dynamic Package. Revista Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação, 2, 25-34.

Reichel, et al., (2000). Rural tourism in Israel: Service quality and orientation. Tourism Management, 21(5), 451-459.

Reis, A. (1999). Sistemas de decisão. Lisboa: Universidade Aberta

Santos, A. C. F. (2012). Estratégias competitivas nos sítios eletrónicos das farmácias de oficina com dispensa ao domicílio. Dissertação de Mestrado. Universidade Aberta.

Serra, J. (2008). As tecnologias de informação e comunicação no turismo: A emergência do e-tourism. Retirado de http://hdl.handle.net /10174/2671

Sigala, M. (2004). Customer relationship management (CRM) evaluation: Diffusing CRM benefits into business processes. ECIS 2004 Proceedings. Retirado de http://aisel.aisnet.org /ecis2004/172.

Silva, G. et al. (2003). Oportunidades e constrangimentos ao desenvolvimento do turismo rural. In: O. Simões & A. Cristóvão (eds.). Turismo em espaços rurais e naturais (TERN) (pp.217-227). Coimbra: Instituto Politécnico de Coimbra.

Swanson, E. B. (1994). Information system innovation among organizations. Management Science Review, 40(9), 1069-1092.

Turban, E. et al. (2007). Introdução a sistemas de informação. São Paulo: Editora Campos/Elsevier.

Wöber, K. W. (2004). Evaluation of DMO web sites through interregional tourism portals: An european cities tourism case example. ICIAR 2004, 1, 212.

Downloads

Publicado

2015-03-27

Como Citar

Pego , A. C. H. C. D. (2015). A influência do uso dos sistemas de tecnologias de informação na tomada de decisão dos gestores do turismo em espaço rural. Uma abordagem da região do Algarve. Tourism and Hospitality International Journal, 4(1). Obtido de https://thijournal.isce.pt/index.php/THIJ/article/view/135