O ESTADO DO REVENUE MANAGEMENT NA HOTELARIA PORTUGUESA

Autores

  • Fernando Miguel F. Garrido
  • Raul Ribeiro Ferreira
  • Nuno Abranja

Palavras-chave:

Revenue management, Total hotel revenue management, Total revenue management, Hospitality industry

Resumo

O Revenue Management é uma ferramenta de gestão que procura a maximização das receitas de uma empresa. Esta estratégia adaptada à hotelaria implica muitas vezes o sacrifício do preço do alojamento para atrair novos clientes ao hotel, de forma a rentabilizá-los ao máximo através dos consumos internos no restaurante, no bar, no spa, em jogos, na venda de tours, visitas e atividades, entre outras ações rentáveis para a unidade hoteleira (Abranja, Almeida & Elias Almeida, 2019). Através de um estudo exploratório do mercado hoteleiro nacional, focado nos hotéis de 4 e 5 estrelas, aplicou-se um questionário de perguntas fechadas a nível nacional com o propósito de caracterizar a aplicação das práticas de Revenue Management nestas unidades. Complementarmente e através da revisão bibliográfica, identificaram-se novas tendências de Revenue Management, como o THRM - Total Hotel Revenue Management, bem como as perspetivas desta ferramenta estratégica na visão dos profissionais hoteleiros.

Referências

Abranja, N. Almeida, M. & Elias Almeida, A. (2019). Gestão de alojamento, receção e housekeeping. Lisboa: Lidel. (Prefácio de Ana Mendes Godinho, Secretária de Estado do Turismo). ISBN: 978-989-752-411-0.

AHRESP. (2017). Caderno de economia e negócios AHRESP. AHRESP - Associação da Hotelaria Restauração e Similares de Portugal. Retirado de http://www.ahresp.com/files/filemanager/COMUNICACAO/CENA/DEZEMBRO%2017/CENA_N6%20.pdf

Anderson, C. K. & Xie, X. (2010). Improving hospitality industry sales: Twenty-five years of revenue management. Cornell Hospitality Quarterly.

Bento, C. (2014). Revenue management - Manual de apoio à gestão de alojamentos em unidades hoteleiras independentes.

Costa, M. J. (2017). Total hotel revenue management em Portugal.

Deloitte (2017). Atlas da hotelaria. Deloitte Consultores.

Fernandes, A. M. (2015). Estratégia e vantagem competitivas na hotelaria portuguesa. ISCTE-IUL.

Godinho, A. M. (2 de August de 2016). Terrorismo continua a mudar os fluxos de procura turística". (SOL, Entrevistador) SOL Online. Retirado de https://sol.sapo.pt/artigo/518436/terrorismo-continua-a-mudar-os-fluxos-de-procura-turistica

Gomes, J. (2004). Como aumentar as receitas de um negócio: O conceito de gestão de receitas. Hotéis de Portugal.

Heo, C. Y. & Lee, S. (2009). Application of revenue management practices to the theme park industry. International Journal of Hospitality Management.

INE. (2017). Conta Satélite do Turismo de Portugal. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística.

Jochemsen, T. (2015). Comparison of theory and practice of revenue management with undifferentiated demand. Vrije Universiteit Amsterdam - Research Paper Business Analytics.

Kimes, S. E. & Wirtz, J. (2003). Has revenue management become acceptable? Findings from an international study on the perceived fairness of rate fences. Cornell University, School of Hotel Administration.

Mendonça, D. Q. (2017, Novembro). Revenue management em hotelaria: Da conceção do produto à implementação do processo num contexto de soft opening. Mestrado em Direcção Hoteleira.

Noone, B. M., Enz, C. A. & Glassmire, J. (2017). Total hotel revenue management: A strategic profit perspective. Cornell Hospitality Report.

Thompson, G. (2010). Restaurant profitability management: The evolution of restaurant revenue management. Cornell University School of Hotel Administration The Scholarly Commons.

Thompson, G. (2011). A scientific approach to managing hospitality

Downloads

Publicado

2019-09-27

Como Citar

Garrido, F. M. F., Ferreira, R. R., & Abranja, N. (2019). O ESTADO DO REVENUE MANAGEMENT NA HOTELARIA PORTUGUESA. Tourism and Hospitality International Journal, 13(1). Obtido de https://thijournal.isce.pt/index.php/THIJ/article/view/247

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>