AVALIAÇÃO DAS EMPRESAS HOTELEIRAS EM FUNÇÃO DO VAL

Autores

  • Carla Carrera
  • Conceição Gomes
  • Luís Lima Santos

Palavras-chave:

Valor atual líquido, Fluxo de caixa, Avaliação de empresas, Hotéis

Resumo

Este artigo tem como objeto de estudo um conjunto de empresas hoteleiras com sede em Lisboa, Portugal, as quais são agrupadas em “hotéis com restaurante” e “hotéis sem restaurante”. O objetivo geral é a comparação da valorização das empresas, tendo em conta os serviços disponibilizados, em que o critério utilizado é o valor atual líquido (VAL), o qual é um dos principais critérios utilizados para analisar a exequibilidade de investimentos e para determinar o valor das empresas. Em termos específicos, pretende se apurar: se a existência de um restaurante no hotel determina a sua valorização; quais os serviços que valorizam as empresas hoteleiras; e se a classificação oficial a nível de estrelas influencia a valorização do hotel. A metodologia de pesquisa é descritiva pois pretende se estudar as características de um grupo de empresas. São utilizados estudos de caso múltiplos para que a investigação seja convincente e de modo permitir a comparabilidade. A informação financeira necessária foi recolhida na base de dados SABI Bureau van Dijk. Os resultados evidenciam que o conjunto de empresas hoteleiras estudadas são economicamente viáveis. Por outro lado, as empresas hoteleiras com restaurante detêm um VAL superior comparativamente às empresas hoteleiras sem restaurante.

Referências

Agência de Gestão daTesouraria e da Dívida Pública Portugal (AGTDP). (2019). Série E.Acedido a 18/12/2019. Retirado de https://www.igcp.pt/fotos/editor2/2019/CA_Taxas_de_Juro/12_Taxa_Anual_E_PP.pdf.

Brealey, R., Myers, S., & Allen, F. (2007). Princípios de finanças empresariais (8ª. ed.). (F. G. Garcia, Ed., M. D. Figueira, & N. d. Carvalho, Trads.) Espanha: McGraw Hill Interamericana de España.

Castro, M. (2001). El Valor Actual Neto (VAN) como criterio fundamental de evaluación de negocios. Económia y Desarrollo, Revista de la Facultad de Economía, Universidad de la Habana, 128(1), 180 194. Obtido de http://www.econdesarrollo.uh.cu/index.php/RED/article/view/655/486

Damodaran, A. (2019a). Total Betas by Sector. Acedido a 10/12/2019. Retirado de http://pages.stern.nyu.edu/~adamodar/New_Home_Page/datafile/totalbeta.html.

Damodaran, A. (2019b). Country Default Spreads and Risk Premiums. Acedido a 10/12/2019. Retirado de http://people.stern.nyu.edu/adamodar/New_Home_Page/datafile/ctryprem.html.

Deloitte (2019). Atlas da Hotelaria. Acedido a 31/1/2020, retirado de https://www2.deloitte.com/pt/pt/pages/transportation infrastructure/topics/ths/atlas

hotelaria 2019.html.

Frasão, C., Neves, A. I., & Medeiros, D. F. (2016). Análise da viabilidade econômico

financeira para a reestruturação de uma empresa de serviços. 2016. Rio Grande de Norte, Brasil: Congresso: Gestão Estratégica: da crise à oportunidade. Acedido a 31/01/2020. Retirado de http://www.admpg.com.br/2016/down.php?id=2512&q=1

Freire, L. P. (2017). Rentabilidade expectável de um boutique hotel em Lisboa. Dissertação Mestrado em Gestão Hoteleira, Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE), Acedido a 28/01/2020, Retirado de Repositório Comum, ESHTE: https://comum.rcaap.pt/handle/10400.26/19444?mode=full.

Evangelista, M. L. (2012). Estudo comparativo de análise de investimentos em projetos entre o método VPL e o de opções reais: o caso Cooperativa de Crédito -- Sicredi Noroeste. Tesis doctoral, Universidade Federal de Santa Catarin, Centro Tecnológico. Programa de Pós--Graduação em Engenharia de Produção. Acedido a 31/01/2020. Retirado de https://bertolo.pro.br/matematica/Tese%20de%20Doutorado%20UFSC.pdf.

Gitman, L. (2002). Principios de administração financeira (7ª. ed.). São Paulo: Harbra.

Gomes, C., Santos, L. L., Farias, A. R., Lunkes, R. J., Malheiros, C., Silva Da Rosa, F., & Nunes, C. (2018). Contabilidade gerencial hoteleira com exercícios práticos. (L. A. Junior, & F. M. Oliveira, Edits.). Porto, Portugal: Editorial Jurúa.

Menon, S., & Goyal, S. (2017). Looking into value and returns for a hotel investiment in the indian context. Journal of Service Research, 17(2), 55--73. Acedido a 28/01/2020. Retirado de https://www.questia.com/magazine/1P4--2013529647/looking--into--value--and--returns--for--a--hotel--investment.

Nabais, C., & Nabais, F. (2005). Prática financeira I, análise económica e financeira (3ª. ed.). LIDEL -- Edições Técnicas, Limitada. doi:248296/06.

Nabais, C., & Nabais, F. (2007). Prática Financeira I, Análise Econômica e Financeira (4ª. ed.). Lisboa, Portugal: LIDEL -- Edições Técnicas, Lda. doi:248296/06.

Neves, J. (2002). Avaliação de empresas e negócios. Editora McGrawHill de Portugal.

Neves, J. (2012). Análise e relato financeiro. Texto editores Lda.

Pereira, A., Costa, L. & Costa, L. (2010). Análise de investimentos. IESDE BRASIL SA.

Prodanov, C. & Freitas, E. (2013). Metodologia do trabalho científico – métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho académico. Universidade Feevale: Rio Grande do Sul- Brasil.

Santos, L. L. (2004). Fluxos de caixa (3.ª edição, pp. 97-150). Porto, Vida Económica. ISBN 972-788-093-2.

Souza, K., & Pagnussat, A. (2018). Relação entre indicadores financeiros e a demonstração dos fluxos de caixa no processo de tomada de decisão: Estudo de Caso na Empresa Madeireira Richter Ltda. (F. d. Jurena, Ed.) Revista Científica da Ajes, 7(15), 178--196. Acedido a 31/01/2020. Retirado de https://www.revista.ajes.edu.br/index.php/rca/article/view/183/159.

Sviech, V., & Mantovan, E. A. (2013). Análise de investimentos: Controvérsias na utilização da TIR e VPL na comparação de projetos. (C. L. CzerwonkaSurek, Ed.) Percurso, 1(13), 270--298. Acedido a 26/01/2020. Retirado de http://revista.unicuritiba.edu.br/index.php/percurso/article/view/657/495.

thijournal.isce.pt

THIJ – Tourism and Hospitality International Journal vol. 15 nº 1 ISSN: 2183-0800

Revista semestral gratuita de distribuição digital / Free biannual journal of digital distribution

E-mail: thijournal@isce.pt

Vieira, R., Major, M. & Robalo, R. (2009). Investigação qualitativa em Portugal, em contabilidade e controlo de gestão, teoria, metodologia e prática (pp.131--163), Escolar editora.

Turismo de Portugal (2018). TravelBi, Acedido a 30/11/2019. Retirado de https://travelbi.turismodeportugal.pt/pt--pt/Paginas/PowerBI/oferta--hoteleira.aspx.

Universia. (2019). Conheça os tipos de metodologia de pesquisa que você pode usar no seu TCC. Acedido a 04/02/2019. Retirado de https://noticias.universia.com.br/cultura/noticia/2019/10/03/1166813/conheca--tipos--de--metodologia--pesquisa--pode--usar--tcc.html.

Downloads

Publicado

2020-09-27

Como Citar

Carrera, C., Gomes, C., & Santos, L. L. (2020). AVALIAÇÃO DAS EMPRESAS HOTELEIRAS EM FUNÇÃO DO VAL. Tourism and Hospitality International Journal, 15(1). Obtido de https://thijournal.isce.pt/index.php/THIJ/article/view/256